COVID-19: Fiocruz divulga resultados de estudo sobre a presença do novo coronavírus em esgotos

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

18 de maio de 2020

Pesquisadores da Fundação Oswaldo Cruz, em parceria com a prefeitura de Niterói, estão conduzindo um estudo para verificar a presença de material genético do novo coronavírus, o SARS-CoV-2, em amostras do sistema de esgotos da cidade com o objetivo de tentar acompanhar a disseminação do vírus.

As primeiras coletas foram realizadas no dia 15 de abril e as análises inciais já detectaram material genético do vírus em amostras de esgotos em cinco dos 12 pontos de coleta. As amostras coletadas na segunda e terceira semanas ainda estão em fase de processamento.

De acordo com o secretário municipal de Planejamento de Niterói, Axel Grael, “estabelecer vários pontos de coleta na cidade nos permite verificar que comunidades têm uma incidência maior do coronavírus, a partir das amostras do esgoto, mesmo que a localidade apresente muitas pessoas assintomáticas. Como a Prefeitura está iniciando um programa amplo de testagem e nosso objetivo é priorizar justamente as comunidades, o resultado dessa pesquisa pode estabelecer prioridades entre as comunidades".

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com