Bush diz que apesar de divergências sobre plano de socorro, ação é necessária

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência Brasil

26 de setembro de 2008

O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, disse hoje (26) que acredita em um acordo dos congressistas para aprovar o pacote do governo para amenizar os efeitos da crise financeira no país.

Há desacordos sobre alguns aspectos do plano, mas não existe desacordo de que algo substancial deve ser feito
'

O discurso de Bush é considerado uma tentativa de tranqüilizar o mercado financeiro, depois de uma reunião que terminou sem acordo ontem (25) em relação ao pacote de US$ 700 bilhões para ajudar instituições financeiras falidas. Hoje, as bolsas americanas abriram com queda de mais de 100 pontos.

Bush garantiu que o governo e o Congresso americano continuam trabalhando no plano de socorro. Segundo ele, os congressistas devem expressar suas opiniões sobre o pacote do governo, mas o país precisa de um plano de socorro.


Fontes[editar]