Brasil sai da recessão, com PIB subindo 1,9% no segundo trimestre do ano

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Economia e negócios

Agência Brasil

11 de setembro de 2009

A economia brasileira teve uma elevação de 1,9 % no segundo trimestre do ano na comparação com o trimestre anterior. A maior elevação foi registrada no setor industrial, cuja alta na produção chegou a 2,1%. Já o setor de serviços apresentou elevação de 1,2%. Na agropecuária, houve queda de 0,1%. Os dados do Produto Interno Bruto (PIB), a soma de bens e serviços produzidos no país, foram divulgados hoje (11) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Em relação ao segundo trimestre de 2008, o PIB teve queda de 1,2%. Na taxa acumulada nos quatro trimestres terminados em junho, o crescimento do PIB foi de 1,3 em relação aos quatro trimestres imediatamente anteriores. No acumulado do primeiro semestre de 2009, a soma das riquezas produzidas no país caiu 1,5% em relação ao mesmo período do ano passado.

Na mesma comparação, o consumo das famílias cresceu 3,2 %, o vigésimo-terceiro período de crescimento consecutivo. Um dos fatores que contribuíram para esse resultado foi o comportamento da massa salarial real, que cresceu 3,3% no segundo trimestre de 2009. Além disso, as operações de crédito do sistema financeiro para pessoas físicas tiveram incremento de 20,3%.

A despesa de consumo da administração pública variou 2,2% na comparação com o primeiro trimestre de 2008 e os investimentos (formação bruta de capital fixo) caíram 17,0%. Este foi a maior queda neste tipo de comparação desde 1996, quando o IBGE iniciou a pesquisa das contas trimestrais.

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati