Brasil sai da recessão, com PIB subindo 1,9% no segundo trimestre do ano

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Economia e negócios

Agência Brasil

11 de setembro de 2009

A economia brasileira teve uma elevação de 1,9 % no segundo trimestre do ano na comparação com o trimestre anterior. A maior elevação foi registrada no setor industrial, cuja alta na produção chegou a 2,1%. Já o setor de serviços apresentou elevação de 1,2%. Na agropecuária, houve queda de 0,1%. Os dados do Produto Interno Bruto (PIB), a soma de bens e serviços produzidos no país, foram divulgados hoje (11) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Em relação ao segundo trimestre de 2008, o PIB teve queda de 1,2%. Na taxa acumulada nos quatro trimestres terminados em junho, o crescimento do PIB foi de 1,3 em relação aos quatro trimestres imediatamente anteriores. No acumulado do primeiro semestre de 2009, a soma das riquezas produzidas no país caiu 1,5% em relação ao mesmo período do ano passado.

Na mesma comparação, o consumo das famílias cresceu 3,2 %, o vigésimo-terceiro período de crescimento consecutivo. Um dos fatores que contribuíram para esse resultado foi o comportamento da massa salarial real, que cresceu 3,3% no segundo trimestre de 2009. Além disso, as operações de crédito do sistema financeiro para pessoas físicas tiveram incremento de 20,3%.

A despesa de consumo da administração pública variou 2,2% na comparação com o primeiro trimestre de 2008 e os investimentos (formação bruta de capital fixo) caíram 17,0%. Este foi a maior queda neste tipo de comparação desde 1996, quando o IBGE iniciou a pesquisa das contas trimestrais.

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati