Brasil confirma dois casos da variante ômicron

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.

30 de novembro de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

A Anvisa acabou de divulgar uma nota oficial informando que registrou dois casos preliminares da variante ômicron (B.1.1.529) do Sars-Cov-2. O sequenciamento genético foi enviado ao Instituto Adolfo Lutz depois que os casos foram detectados pelo hospital Albert Einstein

O secretário estadual de Saúde de São Paulo Jean Gorinchteyn disse em entrevista à CNN que o instituto Adolfo Lutz já detectou a variante nestes 2 casos. Um terceiro ainda está sendo investigado.

Estas duas pessoas infectadas vieram da África do Sul antes de o país suspender voos de seis países da África Austral. Já o terceiro caso suspeito veio da Etiópia e todos estão em isolamento, segundo as autoridades.

A agência disse "que a entrada do passageiro no Brasil ocorreu no dia 23/11, ou seja, antes da notificação mundial sobre a identificação da nova variante, que foi relatada pela primeira vez à Organização Mundial da Saúde (OMS) pela África do Sul no dia 24 de novembro. A entrada também foi anterior à edição da Portaria Interministerial CC-PR/MS/MJSP/MINFRA 660, de 27 de novembro de 2021, que proibiu, em caráter temporário, voos com destino ao Brasil que tenham origem ou passagem pela República da África do Sul e que também suspendeu, em caráter temporário, a autorização de embarque para o Brasil de viajantes estrangeiros, procedentes ou com passagem, nos últimos 14 dias antes do embarque, por esse país".

Até o momento, ainda não foram divulgadas novas medidas pelo Governo Federal.

O Brasil é o primeiro país da América do Sul a registar casos desta nova cepa.

Fontes