Blinken participará de eventos de segurança alimentar da ONU

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.

18 de maio de 2022

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

Anthony Blinken está indo para Nova York para reuniões de 18 a 19 de maio para mobilizar ações sobre a segurança alimentar global, disse o Departamento de Estado na quarta-feira.

Desde o lançamento da invasão militar em grande escala da Rússia na Ucrânia em fevereiro deste ano, os EUA anunciaram mais de US$ 2,3 bilhões em assistência alimentar humanitária global, com foco nos países mais atingidos pelo aumento dos preços dos alimentos.

Em 2021, mais de 193 milhões de pessoas em todo o mundo sofrem de insegurança alimentar aguda, um aumento de 40 milhões em relação ao ano anterior.

Estima-se que até 40 milhões de pessoas estarão em situação de pobreza e insegurança alimentar até o final do ano. A escassez de combustível e fertilizantes em muitos países e o aumento dos preços dos alimentos ameaçam desestabilizar e aumentar a fome e a desnutrição.

Eles também ameaçam estimular a migração e causar graves perturbações econômicas.

Os Estados Unidos estão comprometidos em acabar com a fome e construir sistemas alimentares mais sustentáveis, equitativos e resilientes em todo o mundo.

Com base nesses esforços, o secretário de Estado Anthony Blinken participará de atividades de 18 a 19 de maio para melhorar a segurança alimentar global.

Os Estados Unidos prometeram mais de US$ 5 bilhões nos próximos cinco anos para enfrentar as ameaças à segurança alimentar e nutricional em todo o mundo, além da legislação recentemente assinada para alocar mais de US$ 4 bilhões em assistência humanitária à Ucrânia e seus vizinhos.

Fontes