Bósnia-Herzegóvina lembra os mortos no dia de aniversário de 20 anos do início da Guerra da Bósnia

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Ir para: navegação, pesquisa

6 de abril de 2012

Sarajevo, Bósnia-Herzegóvina — Hoje, exatamente 20 anos atrás, iniciava a Guerra da Bósnia, uns dos conflitos mais violentos desde final da II Guerra Mundial (1939 a 1945), quando uma passeata em favor da paz em Sarajevo (leia-se Saraiêvo) foi atacada a tiros por sérvios e a cidade começou ser cercada.

Hoje, para lembrar os 20 anos depois do início da guerra, 11.541 cadeiras vazias foram colocadas em todas as ruas principais da cidade de Sarajevo, onde ocorre o concerto, para simbolizar as pessoas mortas durante o longo cerco a Sarajevo.

O conflito teve início em 6 de abril de 1992 e terminou em 14 de dezembro de 1995, depois da desintegração da antiga Iugoslávia.

Histórico[editar]

Na época, do início do conflito, a Comunidade Econômica Européia (atual União Europeia) reconheceu a independência da Bósnia-Herzegóvina em relação à Iugoslávia (atual Sérvia), após plebiscito realizado entre 29 de fevereiro a 1º de fevereiro, na qual 99% dos eleitores eram favoráveis à independência, os sérvios boicotaram a votação.

Mais de 200 mil pessoas foram mortas e mais da metade da população teve que fugir do país em quase quatro anos. O conflito só teve fim depois que o chocante Massacre de Srebrenica, ocorrida em 11 de julho de 1995, fez com que acontecesse intervenção militar da OTAN no mês seguinte e derrotas dos sérvios até o Acordo de Dayton que pôs fim à guerra em 14 de dezembro do mesmo ano.

Fontes[editar]

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati