Autoridades na Colômbia capturam 19 pessoas

14 de outubro de 2022

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

De acordo com a Polícia Nacional, 21 mandados de busca foram cumpridos em Bogotá e no município de Soacha, onde 11 prisões foram realizadas por ordem judicial e oito em flagrante "pelos crimes de homicídio qualificado, formação de quadrilha, extorsão, suborno, bem como tráfico, fabricação e posse de armas de fogo".

Entre os capturados estão 14 venezuelanos e cinco colombianos e o tenente Víctor Manuel Flechas Tenorio, que teria cometido os crimes de propina, concussão, extorsão e conspiração para cometer um crime.

O ministro da Defesa, Iván Velásquez, afirmou que a captura do oficial mostra que o governo está empenhado em reduzir a corrupção dentro da instituição.

É a demonstração “na prática do que temos vindo a afirmar, que há tolerância zero com a corrupção, é real e que nessa medida a Polícia vai continuar sem qualquer limitação, atuando também no âmbito geral do combate à criminalidade”, disse.

As autoridades indicaram que com as capturas é possível esclarecer pelo menos sete homicídios em que ocorreu a morte de oito pessoas, cometidos entre 15 de fevereiro e 6 de agosto deste ano.

Segundo a investigação, o grupo "Tren de Aragua" obteve lucros de aproximadamente 350 milhões de pesos por mês com a venda de cerca de 15.000 doses de entorpecentes e renda criminal de mais de 4.200 milhões de pesos para diferentes modalidades.

Na operação foram apreendidas 12.300 doses de bazuco, 3.500 de maconha e 123 de base de coca, além de uma pistola calibre 7.65, um revólver, 62 cartuchos de diversos calibres, 21 celulares e 223 cartões.

Fontes