Aumento da maré provoca inundações em vários setores de Guayaquil, Equador

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Ir para: navegação, pesquisa

30 de setembro de 2015

Desde 25 de setembro, vem-se apresentando um aumento do nível d'água em vários setores do Estero Salado (ou estuário do Salado), o que havia levado à estancamento das águas em algumas quadras na zona norte e no sudoeste da cidade de Guayaquil.

A Avenida Rodrigo Chávez, em Urdesa Norte foi um dos sectores afetados, na qual as águas das alcântaras (esgotos) se transbordaram.

Na Avenida Barcelona o aguaceiro se fez presente em um desbordamento que ocasionou inconvenientes aos moradores que habitam nas imediações da «puente del Velero» e a «puente de la 17» onde a água entrou nas casas. A Corporación para la Seguridad Ciudadana (Corporação de Segurança Pública) informou em outros lugares onde os casos de desbordamento, como o da interseção da rua 17 e a rua Ayacucho, ruas 27 e a G.

Casas do Centro Zonal ECU 911 Samborondón observou que a avenida principal de Tenguel, no recinto Puerto Conchero, estava inundada e várias casas de igual forma afetada.

O Instituto Oceanográfico da Armada informou através de sua conta no Twitter e em seu sítio web (web site) que desde 25 de setembro passado começam ondas atípicas de sul-sudeste frente às costas equadorianas geradas por ventos do Pacífico Sul. Também indicou que a partir de 28, se dará o período máximo águaceiro, o mesmo que se extenderá até o dia 30 de setembro.

Fontes[editar]

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati