Aumento da maré provoca inundações em vários setores de Guayaquil, Equador

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

30 de setembro de 2015

Desde 25 de setembro, vem-se apresentando um aumento do nível d'água em vários setores do Estero Salado (ou estuário do Salado), o que havia levado à estancamento das águas em algumas quadras na zona norte e no sudoeste da cidade de Guayaquil.

A Avenida Rodrigo Chávez, em Urdesa Norte foi um dos sectores afetados, na qual as águas das alcântaras (esgotos) se transbordaram.

Na Avenida Barcelona o aguaceiro se fez presente em um desbordamento que ocasionou inconvenientes aos moradores que habitam nas imediações da «puente del Velero» e a «puente de la 17» onde a água entrou nas casas. A Corporación para la Seguridad Ciudadana (Corporação de Segurança Pública) informou em outros lugares onde os casos de desbordamento, como o da interseção da rua 17 e a rua Ayacucho, ruas 27 e a G.

Casas do Centro Zonal ECU 911 Samborondón observou que a avenida principal de Tenguel, no recinto Puerto Conchero, estava inundada e várias casas de igual forma afetada.

O Instituto Oceanográfico da Armada informou através de sua conta no Twitter e em seu sítio web (web site) que desde 25 de setembro passado começam ondas atípicas de sul-sudeste frente às costas equadorianas geradas por ventos do Pacífico Sul. Também indicou que a partir de 28, se dará o período máximo águaceiro, o mesmo que se extenderá até o dia 30 de setembro.

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati