Aumentam os pedidos de vistos de emergência para afegãos que trabalham com a mídia dos EUA

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

22 de julho de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Uma coalizão de mais de duas dúzias de veículos de notícias e organizações de liberdade de imprensa dos Estados Unidos pediu ao governo estadunidense para proteger os afegãos que trabalharam com a mídia estrangeira e que podem enfrentar riscos do Taleban como resultado.

Cartas ao presidente Joe Biden e aos principais líderes da Câmara e do Senado conclamavam os Estados Unidos a estabelecer um programa de vistos para jornalistas locais que trabalhavam com meios de comunicação estadunidenses.

Muitos desses trabalhadores da mídia temem retaliação do Taleban como resultado de sua associação com a mídia dos EUA, disse a carta.

O Afeganistão tem sido um dos países mais hostis para a imprensa, mas as ameaças e os riscos aumentaram desde o início das negociações de paz entre o governo afegão e Taleban em set/2020 junto a retirada das tropas dos EUA.

Pelo menos 10 jornalistas e funcionários da mídia foram mortos desde o início das negociações de paz, e dezenas estão fugindo de áreas no norte do Afeganistão, onde o Taleban tomou território. Cerca de metade dos centros distritais do país estão nas mãos do Taleban, disse o presidente do Estado-Maior Conjunto dos Estados Unidos na quarta-feira.

Fonte

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit