Atentados suicidas em Bagdá deixam 36 mortos

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Ir para: navegação, pesquisa

7 de fevereiro de 2015

Iraque

Dois atentados suicidas deixaram 36 mortos e cerca de 100 feridos em Bagdá, informou a polícia iraquiana. O primeiro atentado, o mais violento, aconteceu em um restaurante do bairro de Nuevo Bagdad, a sudoeste da capital iraquiana, onde morreram 30 pessoas e 66 ficaram feridas. O segundo atentado, em um mercado no centro da cidade, deixou seis mortos e 28 feridos.

Os ataques foram cometidos por terroristas suicidas, que detonaram cintos com explosivos presos ao corpo. Os atentados ocorreram dois dias depois de as autoridades iraquianas decidirem levantar o toque de recolher à noite, em Bagdá, que estava em vigor há mais de uma década.

Desde junho do ano passado, o Iraque vive desde junho do ano passado uma luta sangrenta contra jihadistas do Estado Islâmico (EI). O grupo apoderou-se de vastas zonas do país, entre as quais uma grande parte da província de Al-Anbar, perto da fronteira com a Síria, onde os jihadistas controlam o território. De acordo com a Missão das Nações Unidas no Iraque, pelo menos 1.375 iraquianos foram mortos e 2.240 feridos em atos terroristas e de violência no Iraque em janeiro.

Fontes[editar]

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati