Ataque a mesquita xiita no Paquistão deixa 20 mortos e mais de 70 feridos

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

30 de janeiro de 2015

Paquistão

Uma bomba explodiu hoje (30) no interior de uma mesquita xiita, no Sul do Paquistão, matando pelo menos 20 pessoas e ferindo mais de 70, anunciaram fontes policiais e dos serviços de emergência. O atentado ocorreu no início da tarde na localidade de Shikarpur, na província de Sindh, pouco depois de terminada a oração de sexta-feira, o dia sagrado dos muçulmanos.

O secretário de Saúde do governo regional de Sindh, Jam Mehtab Daher, disse que “pelo menos 20 pessoas morreram e 73 ficaram feridas”, acrescentando que 20 feridos mais graves foram transportados para hospitais de cidades maiores. O balanço de mortos foi confirmado pelo diretor do hospital civil de Shikarpur, Shaukat Ali Memon.

Após a explosão, centenas de pessoas foram ao local para ajudar a retirar vítimas que estavam nos escombros do edifício, segundo a mesma agência. “A área está cheia de sangue e de corpos e cheira a carne queimada. As pessoas gritam umas com as outras. É o caos”, disse uma testemunha, Zahid Noon.

O representante de uma organização xiita nacional Rahat Kazmi informou que cerca de 400 pessoas estariam na mesquita no momento do ataque. Esse é o mais sangrento ataque desde janeiro do ano passado, quando 24 peregrinos xiitas que regressavam de ônibus do Irã foram mortos em um ataque na província do Baluchistão (Sul do país). O Paquistão tem sofrido um número crescente de ataques desde 2012, executados por grupos radicais da maioria sunita contra integrantes da minoria xiita, que correspondem a cerca de 20% da população.

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati