Argentina vence a estreante Costa do Marfim por 2 a 1

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

10 de junho de 2006

Hamburgo, Alemanha — No jogo inaugural do Grupo C da Copa do Mundo de 2006 - o "grupo da morte" da competição, pois apresenta equipes fortes - a Seleção Argentina de Futebol derrotou a estreante, porém difícil, Costa do Marfim por 2 a 1, e alcançou provisoriamente a primeira posição do grupo, com 3 pontos. A partida ocorreu em Hamburgo, às 19:00 UTC.

Este foi provavelmente o melhor jogo nesses dois últimos dias de Copa.

O jogo

Escalação inicial (azul: Argentina; laranja: Costa do Marfim).

Jogando pelo grupo mais equilibrado do mundial (que ainda tem Holanda e Sérvia) as duas equipes fizeram um espetáculo disputado com boas chances para os dois lados, mas a experiência dos argentinos prevaleceu no resultado final.

A Argentina começou o jogo com muitas jogadas preparadas por seus meias, principalmente Riquelme, criou boas chances de gol, uma das quais culminou no tento de Crespo: aos 24 minutos, após escanteio ele aproveitou a sobra da bola cabeçeada por Heinze.

A Costa do Marfim atacava e parecia não sentir o gol logo no começo do jogo. O time africano abusava das jogadas pelas alas.

Todavia, foi a Argentina que marcou. Em um contra-ataque, Riquelme aproveita uma "falsa" linha de impedimento marfinense e enfia a bola para Saviola que toca de primeira na saída do goleiro Tizie, e faz 2 a 0 aos 37 minutos.

No segundo tempo, com várias substituições o jogo fica mais rápido e os africanos crescem. Todavia eles não são capazes de furar a eficiente defesa Argentina que por sua vez passa a administrar o resultado.

Embora a Costa do Marfim estivesse já meio cansada, aos 36 minutos, Drogba mostra que é oportunista e, num cruzamento de linha de fundo aproveita o cochilo geral da defesa argentina e diminui.

O gol dá novo ânimo para a Costa do Marfim que pressiona atrás do empate. No contra-ataque a Argentina mostra-se perigosa. Porém, a partida termina mesmo com o placar de 2 a 1.

A seleção africana (que é considerada a mais forte do continente no momento) perdeu na sua estréia em Copas do Mundo.

A já experiente Argentina conquistou 3 pontos, e agora tenta evitar o fiasco da Copa do Mundo de 2002, quando foi eliminada ainda na primeira fase.


Desporto
Este artigo descreve um evento desportivo acompanhado ao vivo pelo colaborador. Eventos desportivos acompanhados pelos colaboradores não precisam de fontes especificadas.