Aprovação de Lula e do governo subiu em maio, diz pesquisa CNT/Sensus

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência Brasil

1 de junho de 2009

Após uma queda em março, a aprovação do governo do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, voltou a aumentar no mês passado. Segundo pesquisa da Confederação Nacional do Transporte (CNT) e do Instituto Sensus, o governo tem avaliação positiva de 69,8%, contra 62,4% na pesquisa de março. Já o número de pessoas que acham a administração Lula regular diminuiu de 29,1% para 23,9%, no mesmo período. O índice negativo caiu de 7,6% para 5,8%.

O desempenho pessoal de Lula teve aumento de 5,3 pontos percentuais, passando de 76,2% na pesquisa de março para 81,5% no mês passado. A aprovação maior do governo está ligada a uma melhora na economia, avalia o diretor do Instituto Sensus, Ricardo Guedes. “Efetivamente é a avaliação de que a economia está estável e as ações do governo são adequadas. Essa é a percepção popular”,explicou.

Outro fator que teve influência foi a população jovem de alta escolaridade que voltou a apoiar Lula. Esse mesmo grupo foi o responsável pela queda da popularidade de Lula pesquisa anterior. “O grupo que havia feito a redução da popularidade de Lula é o jovem urbano de alta escolaridade. Esse grupo retorna a ter uma avaliação positiva, volta aos patamares de dezembro e janeiro”, comentou. A aprovação de Lula era de 80,3% no mês de dezembro e de 84% em janeiro.

A pesquisa do mês passado foi realizada entre os dias 25 e 29 de maio nas cinco regiões do país, 24 estados e 136 municípios, sendo 2.000 pessoas entrevistadas. A margem de erro da pesquisa é de 3% e o índice de confiança, de 95%.

Fonte