Após semanas de seca e dias de altas temperaturas, Uruguai está sob alerta para chuvas intensas

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.

18 de janeiro de 2022

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

Após semanas de seca, que levaram o Uruguai a enfrentar dezenas de incêndios florestais, e uma sequência de dias de calor intenso, com as temperaturas em Assunção rondando os 40ºC, o Inumet (Instituto Uruguayo de Meteorología) emitiu nas últimas horas diversos avisos para tempestades e chuvas intensas (ver aqui e aqui).

Segundo o Instituto, até o próximo domingo, o clima no país estará sob influência de uma massa de ar úmida e muito instável, que favorecerá o desenvolvimento de tempestades e chuvas, que algumas vezes podem ser fortes, principalmente no oeste, centro-sul e leste (veja mapa aqui).

Com as chuvas, as temperaturas também entrarão em declínio a partir de hoje, e podem chegar a 20ºC.

Onda de calor

Uma forte onda de calor provocou temperaturas recordes em diversas cidades do Rio Grande do Sul, Argentina, Paraguai e Uruguai na semana passada. Em Buenos Aires, por exemplo, os termômetros marcaram 41,1°C no dia 11 passado, a segunda temperatura mais alta desde 1906 e a maior desde 1995.

Já em Porto Alegre, segundo a Metsul, fez 40,3ºC no domingo, numa "das raras vezes em que a capital teve oficialmente mais de 40ºC em 112 anos de dados".

Notícias Relacionadas

Fontes