Aos 466 anos, cidade de São Paulo tem 11,8 milhões de habitantes

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência Brasil

20 de janeiro de 2020

Um levantamento da Fundação Seade mostrou que, ao completar 466 anos, a cidade de São Paulo tem uma população projetada de 11.869.660 habitantes. De acordo com a estimativa, em 100 anos a população crescerá seis vezes, passando de 2 milhões de pessoas, em 1950, para 12 milhões, em 2050. Segundo os dados, o maior crescimento do número de habitantes na capital paulista aconteceu na década de 1950, com 5,6% ao ano. Depois de 1980 houve declínio contínuo e a tendência para o futuro é a de que essa queda continue até que o crescimento se torne negativo entre 2040 e 2050.

Segundo o Seade, entre os 96 distritos da cidade, a maioria tem população entre 50 mil e 150 mil habitantes e está localizada na região central da cidade. O distrito menos populoso é Marsilac, com pouco mais de 8 mil habitantes, enquanto os mais populosos são Grajaú, com 390 mil, e Jardim Ângela, com 338 mil habitantes.

Mulheres

O número de mulheres na cidade é maior do que o de homens, com 110 mulheres para cada 100 homens. A faixa etária com maior concentração está entre os 30 e 44 anos, sendo que a população com até 15 anos representa 19% do total e os superiores a 65 anos são 11%.

A idade média dos habitantes na capital é de 36,5 anos. Os bairros da periferia têm população variando entre 34 e 40 anos. Em 17 bairros, a idade está abaixo de 34 anos, com destaque para Parelheiros, de 31,9 anos. Outros 17 distritos apresentam idades médias mais elevadas, acima de 41 anos, e Alto de Pinheiros, de 44,7 anos, registra a maior.

Fonte

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati