Angola: Mais de 300 taxistas reclamam pagamentos ao MPLA

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Agência VOA

Tinham sido contratados para transportar populares ao comício do MPLA.

25 de março de 2017

Mais de 300 taxistas contratados pelos secretários dos Comité de Acção do Partido no poder (MPLA) e pelo director dos Departamentos de Tráfego e Mobilidade Urbana das Administrações Municipais em Luanda queixam-se de não terem sido pagos após o termino da actividade que serviu para apresentar o pré-candidato a presidência da República pela lista do MPLA, João Lourenço, a denuncia é do presidente da Associação Nova Aliança dos Taxistas de Angola (ANATA), Geraldo Wanga.

A VOA, constatou nas zonas como Golfo 2, Marco Histórico do Cazenga e Vila de Viana, estradas bloqueadas pelos taxistas para reclamarem o pagamento 20 mil kzs, valor do contrato acordado para levarem populares ao comício de hoje no Campo do Zango 3.

Geraldo Wanga disse também que amanhã, domingo, a associação que dirige vai manter uma reunião municipal do Kilamba Kiaxi com seus filiados, que são mais de 350 taxistas e que ainda não foram pagos: “entendemos que se não forem pagos poderá dar alguma confusão” disse Wanga.

A VOA tentou contactar o MPLA em Luanda para uma reacção, mas sem qualquer sucesso.

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati