1,6 milhão de brasileiros voltaram para as classes D e E em 2008

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Attention niels epting.svg
Como parte da política de proteção do Wikinotícias, esta notícia está protegida.

2 de julho de 2009

Brasil


Pesquisa realizada pela financeira Cetelem, ligada ao banco francês BNP Paribas, mostrou que 1,6 milhão de brasileiros voltaram para as classes D e E. O levantamento feito anteriormente, nos anos de 2006 e 2007, havia apontado que 20 milhões de pessoas haviam feito o caminho inverso, isto é, passado das classes D e E para a classe C. A mesma pesquisa mostrou que em 2008, enquanto a classe C diminuiu, as classes A, B, D e E tiveram um aumento de membros: 1 299 pessoas a mais nas classes A e B, 2 881 a mais nas classes D e E e 1 586 a menos na classe média.

Fontes