Área central da Malásia sofre com enchentes; quase 100 mil pessoas foram evacuadas

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.

20 de dezembro de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

As fortes chuvas que atingiram uma vasta área central da Malásia Peninsular desde o dia 18 passado até hoje causaram enchentes em oito estados e territórios - Kelantan, Terengganu, Pahang, Selangor, Negri Sembilan, Perak, Kuala Lumpur e Melaka - e levaram à evacuação de quase 100 mil pessoas. Só em Selangor e Pahang 61 mil malaios tiveram que deixar suas casas, reporta a imprensa.

Mais de uma dezena de mortes já foram contabilizadas, sendo que na cidade de Telemong quatro pessoas morreram soterradas devido a um deslizamento de terra.

Saúde pública

Ao menos 72 centros de saúde mantidos pelo governo foram atingidos pelas enchentes, 43 deles localizados em Pahang e 20, em Selangor, afetando quem precisa de atendimento médico. 21 destas clínicas ficaram totalmente inoperantes.

Muitas das pessoas evacuadas passaram a ser atendidas nos centros de evacuação, mas nenhum caso grave foi registrado até agora.

No entanto, riscos de gastroenterite aguda, febre tifóide, cólera, febre aftosa e leptospirose existem, apesar de uma inspeção do Ministério da Saúde em vários centros de evacuação não encontrar água fora dos parâmetros de segurança e não encontrar criadouros do mosquito Aedes.

O Ministério também teme que possa haver um aumento de casos de covid-19 entre os evacuados, uma vez que as medidas de segurança não podem ser seguidas à risca nos abrigos. Para tentar diminuir esta possibilidade, os abrigados foram orientados a não se aglomerarem, a usar as máscaras faciais fornecidas pelo Ministério e a desinfetar as mãos frequentemente.

Mais tempestades a caminho

Segundo o Met Malaysia, um sistema de baixa pressão está se movendo para leste e deve atingir uma região no norte da península entre amanhã e quarta-feira, causando ventos e chuvas. "A possibilidade desse sistema chegar ao nível da depressão tropical é baixa", anunciou o diretor-geral da Met Malaysia, Muhammad Helmi Abdullah.

Por ora não há indicativos que o sistema atinja as mesmas áreas já afetadas, mas o Met Malaysia pediu que todos fiquem em alerta.

Fontes