O personagem Chico Bento, da Turma da Mônica, é flagrado falando palavrões

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Ir para: navegação, pesquisa

31 de julho de 2009

No estado da Bahia, o personagem Chico Bento, da Turma da Mônica, foi pego com "boca suja" em uma revista pedagógica dos professores da rede pública. Esta revista é a Viva, de caráter pedagógico, que visa por objetivo opiniar sobre os problemas estaduais baianos relativos à educação e à desigualdade social.

Em uma tira, Chico Bento conversa com seu amigo de interior: "Meu pai tem oitocentas cabeças de gado! E o seu?", questiona o amigo do Chico. Ele, que é pobre, fica impressionado e o responde: "[palavrão]!! Fala para ele enfiar esse gado no... [palavrão]![1]"

A tira foi selecionada para ilustrar uma reportagem sobre o programa "Letramento Prazer: Chico Bento em ação", desenvolvido pelo Colégio Estadual Professora Felicidade de Jesus Magalhães. A história por inteiro está na página 51 da revista "Viva!", uma publicação de experiências pedagógicas de escolas baianas que tem como objetivo servir de apoio aos professores da rede pública estadual. O secretário de Educação, Adeum Sauer, faz parte do conselho pedagógico da publicação.

Segundo Adeum, dez mil cópias de Viva!, de 60 mil ao todo, já tinham sido distribuídos quando o problema foi constatado. A secretaria decidiu então cobrir a "frase negra" com um carimbo e prosseguiu na entrega do restante.

"A revista circulou só entre professores. Nenhum aluno recebeu. Os professores são inteligentes o suficiente para deduzir que foi um erro. Não teve consequência nenhuma" - diz o secretário Adeum.

A tira, com o diálogo já adulterado, teria sido copiada de um sítio na internet.[1] Em sua versão original, disponível no site da Maurício de Sousa Produções, a conversa tem um desfecho bem diferente: o amiguinho do Chico Bento diz: "Meu pai tem 800 cabeças de gado. E o seu?". Chico Bento, que é de uma classe social mais humilde, responde inocentemente, com seus característicos erros de português: "O meu pai só tem um boi, mais (sic) ele tá interin".

O caso ganhou conotação política após ser denunciado pelo pré-candidato a governador Paulo Souto,[1] que faz oposição ao governo de Jaques Wagner.

De acordo com o Adeum, o erro inicial foi cometido por uma diagramadora da revista, uma funcionária terceirizada[2]. A tira, com a linguagem chula, teria sido copiada da internet.

Referências

  1. 1,0 1,1 1,2 Chico Bento de boca suja - O Globo, acessado em 31 de julho de 2009
  2. Governo da Bahia altera revista didática que continha palavrão - Portal Imprensa, acessado em 31 de julho de 2009


Fontes

Compartilhe em Menéame Facebook Twitter Digg.com Fresqui Newsvine Share on delicious MySpace Reddit Identi.ca