Niemeyer completa 100 anos

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Na Wikipédia há um artigo sobre Oscar Niemeyer.

15 de dezembro de 2007

Catedral de Brasília, uma das obras primas de Oscar Niemeyer, escultura do espaço, onde a luz e a surpresa arquitetônica demonstra a genialidade do arquiteto.

Oscar Niemeyer, um dos arquitetos modernos mais importantes completou 100 anos. Nascido no Rio de janeiro, 15 de dezembro de 1907 arquiteto responsável pelos desenhos dos principais edifícios de Brasília, e diversas obras marcos da arquitetura internacional no Brasil e em vários continentes.[1] No dia 12 de dezembro ele recebeu a mais alta condecoração do governo francês pelo conjunto de sua obra. Oscar tem várias obras na França, entre elas a sede do Partido Comunista Francês.[2] No dia 14, Vladimir Putin, presidente da Rússia, conferiu-lhe a condecoração da Ordem da Amizade.[3]

Estão previstas em vários países, comemorações pelos 100 anos do arquiteto,[4] na Espanha um evento lembra a sua obra.[5]

Grandes obras

Edifício Copan, uma das várias obras de Niemeyer em São Paulo

Em São Paulo, Niemeyer projetou grandes obras, sendo um dos símbolos da cidade uma obra projetada por ele, o Edifício Copan, que neste mês o está homenageando. Segundo a urbanista Raquel Rolnik, "o Copan é a bandeira de São Paulo desfraldada, que se ergue no centro da cidade. Intenção ou não, esta bandeira se tornou um símbolo da cidade".

Segundo Rolnik, "o prédio se comunica com a rua, ele não é como os atuais, nos quais parece que algo se perdeu em parte da arquitetura da cidade onde há um muro, a construção, e a rua é algo alheio, separado. O Copan faz a passagem com o ambiente aqui está ao seu lado e reúne em uma mesmo local moradias e comércio, uma mistura que mostra um lado de Niemeyer"[6].

Em Belo Horizonte, sua obra acabou por tornar-se também um símbolo da cidade, com o Complexo da Pampulha, obra construída quando o prefeito era Juscelino Kubitschek, grande aficcionado pelas obras do arquiteto.

Considerada sua obra-prima, pelas mãos de Niemeyer epelo pedido de JK, Brasília forma um dos mais impressionantes conjuntos arquitetônicos do mundo, sendo considerado Patrimônio Mundial da Unesco.

Homenagens

Artistas e arquitetos realizam uma homenagem ao arquiteto no Memorial da América Latina, no bairro da Barra Funda, em São Paulo, neste sábado, data do centenário. O Memorial é uma de suas obras na cidade.

Maria Bonomi, Ruy Ohtake, Erik Thurm, Luiz Claudio Lacerda, Marco do Valle, Paulo Climachauska e Ângela Barbour são alguns dos artistas convidados. Será feita a mostra "Niemeyer 100 Anos, um Olhar Sobre o Artista", que ficará aberta até 13 de janeiro de 2008[7].

Notícias relacionadas

Fontes

Referências

  1. http://br.reuters.com/article/entertainmentNews/idBRN0361476120071212
  2. http://g1.globo.com/Noticias/Rio/0,,MUL214758-5606,00.html
  3. http://www1.folha.uol.com.br/folha/ilustrada/ult90u355288.shtml
  4. http://www1.folha.uol.com.br/folha/dw/ult1908u352394.shtml
  5. http://afp.google.com/article/ALeqM5hW_fXA8Q50kOBpwWjuKBSEhkXJOQ
  6. Copan e Ibirapuera mostram "boa fase" de Niemeyer em SP
  7. Artistas e arquitetos homenageiam Niemeyer em SP

Ligações externas

Em Português Especial Niemeyer no UOL
Em Português Niemeyer: 100 anos de pura arte