Ex-secretária que denunciou ex-chefe suspeito do suposto mensalão negocia para posar nua para a Playboy

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Ir para: navegação, pesquisa

25 de julho de 2005

BrasilFernanda Karina Somaggio, 32 anos, está a negociar com a Revista Playboy para posar nua.

Karina é ex-secretária do publicitário Marcos Valério, suspeito de ser operador do suposto mensalão.

Karina denunciou supostas irregularidades praticadas por seu ex-chefe, Marcos Valério, para a Revista IstoÉ - Dinheiro. Mais tarde, ela prestou depoimento para a Polícia Federal e perante a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Correios, e confirmou as denúncias que tinha feito para a revista. Suas denúncias serviram para corroborar a tese da existência do alegado mensalão e ajudou a orientar as investigações que se seguiram.

Karina disse que usará o dinheiro do trabalho com a revista para financiar sua campanha política para deputada federal. Ela não confirmou a qual partido político irá se filiar.

Ver também

Fontes