Especialista em terrorismo disse que Osama bin Laden pode estar morto

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Osama bin Laden (arquivo do FBI).

18 de janeiro de 2006

Um especialista em terrorismo australiano disse que tem evidências de que o líder da Al Qaeda Osama bin Laden está seriamente doente ou morto.

O Professor Clive Williams, professor visitante do Centro de Estudos Estratégicos e de Defesa da Universidade Nacional Australiana, disse que ele recebeu evidências de um ex-agente indiano que preferiu não se identificar, que corroboram a tese de que bin Laden morreu de falência múltipla dos órgãos em abril do ano passado.

Entretanto, Williams disse que talvez seja impossível provar que Osama bin Laden -acusado de ter sido o mentor dos ataques ao World Trade Center e ao Pentágono, em 11 de setembro de 2001- está vivo ou morto.

"É difícil provar ou refutar essas coisas porque não há de facto nada que permita a você fazer um julgamento num ou em outro determinado sentido", afirmou o professor australiano, que também declarou: "Mas é estranho que o Dr Zawahiri esteja a fazer todas as declarações desde então, e nada tenha sido ouvido falar sobre bin Laden desde dezembro do ano passado, se não me engano".

De qualquer maneira, os Estados Unidos acreditam que bin Laden ainda está vivo. Uma hipótese é que Osama bin Laden e seu primeiro oficial estejam escondidos próximo da fronteira do Paquistão com o Afeganistão.

Fontes